<BODY> ~*~* Meu Bebê Guilherme 2 *~*~


Guilherme




Meu 2º filhinho nasceu no dia 3/1/2007 às 0h38m em Brasília/DF. Seu peso ao nascer foi 4,250 kg e mediu 54 cm. Seu nome é Guilherme Kazuo Cortez Matsushita e trouxe muita felicidade às nossas vidas.


1º Blog – Gravidez


Mamãe




Meu nome é Catarina e nasci em 20/2/1976 em Brasília/DF. Sou autora deste blog que começou em 17/8/2006, dia em que descobri minha 2ª gravidez. Cinco dias depois, tive uma grande surpresa durante a primeira US: minha gestação já era de 23 semanas ou 5 meses e eu nem desconfiava! Fiquei mais feliz ainda com a novidade e cheia de planos para este novo bebezinho. Sou completamente feliz e realizada por ter me tornado mãe. A minha alegria em ser mãe pela segunda vez quero compartilhar com todos que lerem este blog.



Papai




Este é o pai do Guilherme e meu marido com quem sou casada desde maio/1999. Ele é um pai muito carinhoso e presente. O Guilherme é seu segundo grande troféu no Grand Prix da vida.



Irmão Dudu




Este é o meu 1º filhinho e se chama Eduardo. O Dudu nasceu em 17/9/2005, apenas 1 ano e 4 meses antes do Guilherme. Meus dois meninos prometem muitas aventuras juntos e enxergar o quanto se amam me deixa muito feliz. Eles com certeza serão grandes amigos.


Blog do Dudu


Na Barriga




Na primeira US descobri que minha gestação era de 23 semanas e pude de imediato saber o sexo do bebê: masculino! Fiquei felicíssima, pois sempre quis ter 2 filhos com idades próximas e do mesmo sexo. O Guilherme ficou 42 semanas no barrigão! Eu estava ansiosa para tê-lo em meus braços o quanto antes, mas escolhi respeitar o tempo dele. Contei para isso com a ajuda de minha querida doula Clarissa Kahn e minha GO Rachel Reis. Preparei tudo com muito carinho para a chegada do Guilherme: o chá de bebê, o enxoval, o bercinho, as malas, etc...



O Parto




No dia anterior ao parto minha dilatação já era de 5cm sem dor alguma. As contrações apertaram por volta das 22h. Saí de casa às 23h e tive uma evolução tão rápida do TP que o Guilherme quase nasceu no carro. No hospital, apoiada de cócoras, senti meu menino saindo de dentro de mim direto para os meus braços. Novamente experimentei minha força de mulher, de mãe. A felicidade que vivi naquele momento, eu carregarei por toda a vida. Agradeço a você Guilherme, por ser meu filhinho, meu amor, minha vida.



Desenvolvimento









Contato



Links Amigos


:: Adri, Sofya e Emanuelle
:: Ageu e Matheus
:: Alê e Pedro Luís
:: Aline e Júlia
:: Aline e Bárbara
:: Aline e Ric
:: Alyne e Matheus
:: Ana e Lorenzo
:: Andreza e Teru
:: Ângela e Matheus
:: Bia e Lucas
:: Bia, Lucas e Thiago
:: Bia, Yohana e Yan
:: Bina e Brenda
:: Carla e Marina
:: Cris e Ícaro
:: Cris e Lucas
:: Cristina e Sarah
:: Cristina, Ingrid e Anne
:: Chrystina, Bruno e JP
:: Dani e Caio
:: Dedéia, Pedro e Júlia
:: Eva e Lucas
:: Fabi e Catarina
:: Jack, Ruan e Paulo Victor
:: Jane e Maria Júlia
:: Kátia Regina e Ana Luísa
:: Keila, Lucas e bebê
:: Keity e Lucas
:: Lílian e Nicolas
:: Lisa e Eduardo
:: Lívia e Miguel
:: Lu, Guilherme e Gustavo
:: Mary e Camila
:: Nádila e André
:: Noelma, Pedro e Ana
:: Paty e Gigio
:: Pri, João e Maria
:: Ranne e Maurinho
:: Renata, Isabella e Eric
:: Ruth e Davi
:: Roseli e Breno
:: Ryvane e Ana Clara
:: Selma, Alex e Natália
:: Simoni e Henrique
:: Tábata, Gab e Gui
:: Taci e Danilo
:: Telma e David
:: Valéria e Júlia
:: Valéria e Tikinha
:: Vanessa, Davi e Pedro
:: Ví e Amélie (senha)
:: Vi, Thiago e Júlia
:: Rosileide e Ana Beatriz
:: Bia e Biel
:: Camila e Helena
:: Kelly e Eduardo
:: Fran e Madu
:: Fê Biel e Gui
:: Flávia, Giovanna e Miguel
:: Roberta, Lucas e Diego
:: Mara e Bia
:: Lígia e Vivi
:: Lea e Davi
:: Fabi, Babi e Bia
:: Débora e Dudu
:: Fê e Amandinha
:: Vivi e Francisco
:: Márcia e Mel
:: Simoni e ?
:: Thaty e Alice



Música





Visitas




Hoje é






Mural





Link-nos


Pegue nosso selinho





Pegue nosso selinho





Pegue nosso award







Passado


Blog Antigo
Blog do Dudu

Arquivos:
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Março 2010
Maio 2010



Créditos



Conceitos Design

eXTReMe Tracker





quarta-feira, 21 de maio de 2008

Lilypie 2nd Birthday Ticker



Última postagem antes das férias versão 2008


Amigas, passei para me despedir, sexta-feira estarei no Ceará e sem tempo para internet. Estarei trabalhando, ops, de férias, rs...

Malas. Quase consegui arrumar as malas, estou nessa luta há 5 dias, rs... Parece que faltará espaço para os 172 itens que faltam, rs...

Amansa-menino. Comprei um monte de balas para distrair os meninos durante o vôo. Continuo fazendo a programação mental.

Amor. O Guilherme está falando direitinho ÁGUÁ e AMÔ, rs... Parece que o menino começou a falar “direitinho”... 1 ano e 4 meses e meio.

Barbearia. Os meninos cortaram os cabelos e estão bonitinhos para a viagem. Para cortar os cabelos os dois são muito comportados.

38. Fiquei muito feliz ao comprar uns shortes, pois comecei a experimentar os de número 42, depois os de tamanho 40 e verifiquei que já uso roupas manequim 38! Imaginem a minha felicidade de ex-bolota!!! Rs... Nem me lembro de um dia ter usado tamanho 38!

Insônia. Tive insônia noite passada, ansiosa pela viagem. Estou morrendo de medo... Rs... Pelo menos se as figas não derem certo terei histórias engraçadas para contar.

Mantra. Recito meu mantra diariamente em frente ao espelho: tudo dará certo/tudo dará certo/serão férias maravilhosas/serão férias maravilhosas/estarei sempre com um sorriso no rosto... E outras palavras positivas para me convencer que teremos dias fantásticos no Ceará Rs...

**Ângela, o nome do cicatrizador é Cura-Sept, acho que é isso. Tem em qq farmácia.

Voltarei no dia 9 de junho.
Beijos a todas e não esqueçam de fazer figa. Rs...



Às 13:09


Lilypie 2nd Birthday Ticker




segunda-feira, 12 de maio de 2008

Lilypie 2nd Birthday Ticker










Dia das mães




Meu dia das mães foi um típico dia de mãe mesmo: muito trabalho da hora em que acordei até a hora em que os meninos dormiram, rs...
Nada de moleza! O quartel funciona inclusive no domingo dia das mães. Depois do toque de alvorada tocado pelo Guilherme:

*

- Mamanhêêê...
*

Levantei-me sem nem lembrar que era um dia especial. Era um dia especial para mim? Por que eu estava tão mal humorada? Talvez o cansaço tenha me impedido de ver a poesia do dia das mães...

*

Pensando bem, consegui me emocionar com as propagandas das Casas Bahia. Rs... Sério! Fora isso eu só conseguia me preocupar com as fraldas do Guilherme, a comida do Dudu, os choramingos do Guilherme, a gritaria do Dudu, o banho dos meninos, a soneca deles que não aconteceu, o almoço da segunda-feira que dependia de supermercado, as compras para a viagem que só posso fazer no melhor dia do cartão de crédito, fora culpar o marido por todo mal humor que teimou em me acompanhar... E ainda tentar esconder as olheiras, colocar um sorriso de Monalisa no rosto e fazer o papel de uma mãe perfeita para meus familiares, rs... Eu realmente não estava no clima, rs... Devo ser a anti-mãe, mesmo, rs... Onde estavam as flores?

Presentes para mamãe. Hoje eu vi as flores. Recebi meus presentes de dia das mães.
O primeiro. O Dudu me abraçou forte e disse:
- Eu te adoro, mamãe!

*
Ele me deu o que tinha de melhor, com sua vozinha de criança falou tão sinceramente e com tanto carinho que me senti plena. O que mais eu poderia querer? Nada tem mais valor para uma mãe que uma demonstração sincera de carinho.
*

Ganhei presentes legais escolhidos pelo Rubens (um dos presentes era mais pra ele que pra mim, rs), mas foram ofuscados pelo que recebi dos meninos.

O valor do segundo presente é imensurável. Fizemos mais um ecocardiograma no Guilherme e o médico disse que a dilatação havia diminuído! Que felicidade!
O médico se mostrou muito otimista, pois a tendência é que a dilatação da coronária esquerda desapareça logo. O músculo cardíaco está funcionando bem e nenhum outro comprometimento cardíaco foi detectado.
A saúde do Guilherme é meu maior e melhor presente do dia das mães. Estou muito feliz!

Medidas. As medidas do Guilherme com 1 ano e 4 meses: 88 cm e 11,850 kg. Ele tá grandão, né? Muita gente acha que o Dudu e o Guilherme são gêmeos, rs...

Birra. O Guilherme está meio birrento, quando alguma coisa não sai do seu agrado, sapateia no chão choramingando. Ele mostra muito bem sua frustração. Até que não acontece com muita freqüência, minha tática é ignorar dizendo que não pode e só. Ele resmunga por um tempo, mas logo se conforma. Até que o gênio dele não se mostra muito difícil, por enquanto...

Manhosinho. O Guilherme é todo manhosinho e adora me beijar agarrado ao meu rosto. Ele gosta também de enfiar o dedinho no meu olho e dizer:
- Ôo
Depois na minha boca (), no nariz dele () e assim por diante.

*
Acho legal perguntar onde está essa ou aquela parte do corpo, pois o bebê me mostra todas. Olho, nariz, boca, língua, dente, dedo, mão, pé, barriga, umbigo, cabeça, cabelo, orelha e braço. Às vezes acerta a axila e sobrancelha. Rs...

*
Gosto de perguntar como é o nome da mamãe, pois a resposta é um:
- Cacáááá´!
Com uma carinha sem-vergonha gostosa, rs...

*
Escada. O Guilherme está tão espertinho que consegue descer sozinho, degraus de escadas. Descobri isso no shopping, fiquei morrendo de medo que ele caísse, mas quis observar a cena sem interferir e o bebê desceu com maestria. Fiquei boba!

Frases. Está falando formando frases com duas palavras:
- Pom vuô! (O pombo voou)
- Sê Jãã! (Seu João)

Completa a seqüência quando chega no 3, 4 e depois no 10.
- Téis (3), Cá (4)....Déis (10).

*

Se eu digo que o Dudu está dormindo, ele diz:
- Duduuuuu! Shiiiiiiiii!
Enfiando o dedo no nariz por não se contentar em apenas deixá-lo parado nos lábios, rs... É estranho e muito engraçado, rs...


*

Beijos a todas e parabéns para as gravidinhas Luciene, Márcia (mãe da Mel) e Lívia (mãe do Miguel).





Às 13:51


Lilypie 2nd Birthday Ticker




sexta-feira, 2 de maio de 2008

Lilypie 2nd Birthday Ticker



1 ano e 4 meses
*
Demorei, pois estava enrolada em busca de uma escola para o Dudu, viagem do marido, pós-graduação, trabalho, cozinha e outros trilhões de coisas, rs...
*
Nada de escola ainda, marido em casa novamente, pós-graduação em curso, viagem de férias ao Ceará em maio, babá que dá sinais que não ficará muito tempo... Estou sentindo que a validade da babá está chegando ao fim, mas essa é uma outra história...

Falarei do meu meninão Guilherme.

Judô. O Guilherme está mais solto e não pede tanto nosso colo. O que ele gosta é de se misturar com os meninos maiores. E como ele gosta de crianças bem mais velhas....

Carinho. É um menininho muito carinhoso, me agarra e faz um biquinho para beijar quando digo: Beija!
Abraça com vontade seus bichinhos de pelúcia com a cara mais sem-vergonha do mundo.

Espetáculo. Seu espetáculo preferido é ver o Dudu fazendo cocô. À medida que o irmão faz caretas de força, o Guilherme desata a gargalhar, rs...

Falando nisso, ele sempre avisa quando fez cocô dizendo um sonoro:
-Cocôôô!

Para o xixi ele diz:
-Xííííííííííííí!

Ainda não aceita ficar sentado no vaso.

Subir. Sua preferência atual é escalar. Servem o móvel da TV, o sofá, cadeiras, mesa, brinquedos, tudo onde possa subir. Fico um medo danado, pois o bebê não tem juízo nenhum. Ele pula na minha cama caindo a poucos milímetros da parede, sobe no encosto do sofá caindo de costas nas almofadas e se acabando de rir. Ainda, reclama que só quando o tiramos e teimosamente volta às macaquices.

Macaquices = Machucados

1ª O Guilherme se jogou do berço na caminha do Dudu. Resultado bateu o lábio na grade da cama do Dudu, sangrou um pouquinho e ficou roxo. Isso, pouco antes de dormir...

2ª Subiu no móvel da TV depois de ficar 5 vezes de castigo pelo mesmo motivo. Pensem na minha paciência...eu sozinha com os dois, arrumando tudo para ir à casa de minha mãe...só ouvi o BUM e o berro... Eu estava a menos de 3 metros do menino e o acidente aconteceu em alguns segundos.
Quando vi, o Guilherme estava caído no chão berrando, a “caixa-encaixa da Estrela” quebrada e o aparelho de DVD caído, mas ainda funcionando. O brinquedo foi para o lixo, pois a ponta quebrada parecia uma faca de tão perigosa. Confesso que fiquei com mais raiva que com pena do menino... ruindade né? Peguei o bebê no colo, procurei onde estava o machucado, mas não encontrei. Vi que havia sangue no meu braço e procurei na boca dele. Fiquei passando gelo na cabeça do Guilherme, na esperança de sanar a pancada.

Sabem quando eu descobri o que realmente aconteceu? No dia seguinte, quando vi um rasgo de 8 cm no coro cabeludo do Guilherme! Caracas! Fiquei assustada, mas verifiquei que era superficial. Nossa, me achei a pior mãe do mundo. Tadinho dele! Havia machucado muito e eu não consegui encontrar na hora. Afe! Quanta inexperiência!
E o pior, fiz igual ao meu pai fazia conosco. Quando machucávamos, ele ainda brigava. Além da dor, a bronca me fazia pensar que eu era uma idiota descuidada. Adulta, fiz a mesma coisa com o Guilherme, o pobrezinho machucou e eu ainda fiquei dizendo:
- Viu? Eu te avisei para não subir aí!

Caracas! Como pude ser tão insensível com um bebê de apenas 1 ano? Eu nunca mais quero fazer isso. É difícil ter paciência fazendo tudo sozinha, cuidando de dois, ouvindo reclamações e pedidos de colo o tempo todo, limpando a bagunça do Dudu, etc, etc, etc. Isso tudo só para tentar almoçar na casa de minha mãe. Era dia de folga da Lú e o Rubens estava viajando. Foi um “No Limite”, rs..., no limite da paciência, rs...

Letra preferida. O Guilherme continua aficionado pela letra “A”, quando vê alguma letra escrita em nossas camisetas, aponta dizendo:
- Áááááááá!

Tão bonitinho que não consigo deixar de beijá-lo e dizer o quanto é sabido!

Fala. A fala do menino ainda não está grandes coisas. Percebo que ele tem muita vontade de conversar, mas não entendo nada que ele diz, rs... Percebi com meus meninos, que repetiam tudo com 1 ano, de repente, ficavam umas semanas mudos, depois, desembestavam a falar tudinho melhor ainda.

Agora ele me chama de mamãenhê, igualzinho ao Dudu. Entende tudo que falamos e quando se machuca, nos conta fazendo a imitação do ocorrido. Bateu a cabeça na mesa e desatou a chorar, quando perguntei o que aconteceu, ele encostou a cabeça na mesa e fez um som de quem chorava... Rs...

Quando digo que o Dudu está dormindo, ele coloca o dedinho nos lábios e diz:
- Shiiii!

Brincadeira. Guerra de fralda. Quando troco a fralda de xixi do Guilherme, a fecho num pacotinho e grito: - Guerra de fralda! Jogo a fralda nas costas do Guilherme e o menino desata a rir. O Dudu corre loucamente pelo apartamento, rindo e gritando enquanto o Guilherme o persegue para jogar a fralda. Rs... Nenhum dos dois quer ser atingido pelo xixi e a isso se resume a brincadeira que o Guilherme mais gosta.

Brinquedos preferidos. Somente bolas e tudo que o Dudu estiver brincando. Sempre dá briga.
*
DVD. HI5 e Barney na escola.

Culpa do Dudu. Tudo na vida do Guilherme é culpa do Dudu. Quando o bebê tropeça num brinquedo, logo chora e diz:
- Duduuuuuu!

É um "dudu" bem cantado e longo. Quem não o conhece, pensa que o Dudu fez alguma coisa, rs... Posso?

Ah, o Dudu anda mentindo um pouco nas horas em que apronta para não levar bronca ou castigo. Já peguei o menino concluindo um empurrão no Guilherme, olhar para mim e dizer:
- Não foi nada!
O Guilherme chorando e o Dudu repetindo que não havia sido nada. A cara dele era tão cínica que me deu vontade de rir, rs... Lógico que o coloquei de castigo, mas tive que me controlar para não cair na gargalhada.

Bronca no Dudu. Após um dia de atividades e aprontações mil, mãe e pai esgotaram 99% de sua paciência, mas o filho continua jogando o sabonete no vaso, apertando o sabonete líquido até derramar no chão, se chacoalhando enquanto o pai tenta escovar seus dentes, abrindo a torneira no máximo a espirrar água no banheiro e outras atividades infantis legais. Eu cuidava do Guilherme nesta hora e agradeci não estar no comando do barco do Dudu, rs... O pobre do pai, descontrolado, grita:
- Não! Não! Dudu!!!
O Guilherme do berço, enquanto era trocado, ouve e repete de uma forma brava:
- Duduuuuuuóóóóórrrrr!!!
Rs...

Fases. A fase das reclamações deu um tempo, acho que era o nascimento dos dentes. Ainda está numa fase não me toque, se qualquer criança "trisca" nele, o menino logo abre o berreiro. Apesar disso, sempre sai do colo para "conversar" com crianças que encontramos. Não sou do tipo que força o filho a falar com outras crianças, se ele quiser que fale. Normalmente, o Guilherme é bem sociável, só me preocupo com o fato dele ainda não saber se defender.
E o pior, que talvez ele tenha que aprender isso na escola no próximo semestre... é parte da história da babá que contarei depois...
*
Amanhã, o Guilherme fará 1 ano e 4 meses de muita alegria.Todo dia o menino inventa uma gracinha nova, uma coisinha linda da mamãe babona!
Beijos a todas.



Às 11:05


Lilypie 2nd Birthday Ticker